Carreira: Empresas que formam & Empresas que querem formação

Olá, boa tarde a todos.

Hoje vamos conversar um pouco sobre os diferentes desafios que as empresas proporcionam para a carreira de um profissional. Existem empresas que formam profissionais e, por outro lado, existem empresas que buscam, no mercado, profissionais bem formados e experientes para absorver e internalizar esses aprendizados. E atenção! Esses desafios estão mais relacionados ao momento que a empresa está vivendo do que ao porte e a nacionalidade da companhia.

Não existe, porém, um dicotomia entre bom e ruim nesta situação. Ambas as oportunidades podem ser interessantes e agregar a carreira do profissional, mas o mais importante é que este saiba exatamente qual o tipo de desafio que irá encontrar quando aceita uma oportunidade de trabalho.

Está participando de algum processo seletivo agora? Veja as 15 melhores dicas para uma entrevista por Skype de Sucesso e coloque em prática!

Empresas que formam profissionais

Existem as empresas que já atingiram certo grau de maturidade organizacional que se traduz em ambientes mais propícios a formação ou continuidade de desenvolvimento de profissionais. Não significa que nesses ambientes não exista a parte prática, mas quer dizer que a prática recebe o suporte do aprendizado contínuo e da reciclagem dos conhecimentos.

headhunterElas também precisam da sua formação, mas darão continuidade a ela. Mais uma vez, não existe regra, estamos falando de propensão. Geralmente estas empresas tem uma área de Gestão de Pessoas bem estruturada e se preparam para o futuro da companhia, por isso estão atentos a formação de novos e antigos líderes.

Quando existe a supracitada maturidade organizacional, é normal encontrar empresas nas quais as funções estão bem desenhadas e já se sabe qual a melhor divisão das tarefas dentro das áreas, por isso as funções são mais focadas, menos abrangentes e os executivos fazem realmente parte de um todo, ao invés de “serem o todo”. Esta forma de desafio é o fator motivacional mais importante para muitos profissionais. Vale dizer que “uma boa oportunidade” é interpretada de maneiras diversas por pessoas diferentes.

Na hora de contratar, as empresas que vivem estes momentos de crescimento, headhuntersolidificação, maturidade, entre outros possíveis descritivos, geralmente dão mais valor para o potencial dos candidatos do que para suas experiências. Eles não têm a mesma urgência dos outros que vivem momentos de reestruturação, por exemplo, e sabem que vão investir no desenvolvimento do profissional, por isso ele precisa ter potencial de absorver os estímulos que receberá, caso contrário o investimento não será aproveitado.

São estas as empresas que, na maioria dos casos, oferecem programas de Estágios e Trainee bem desenhados, e como os profissionais em início de carreira geralmente procuram ambientes de formação, elas são o alvo destes iniciantes. Mas elas também são muito procuradas por profissionais em desenvolvimento e maduros, dependendo do objetivo pessoal de cada um.

Empresas que precisam da sua experiência

Por outro lado, as empresas que buscam profissionais muito bem formados e experientes no mercado para poder absorver este conhecimento geralmente estão passando por momentos de início de operação, reestruturação ou implementação de novas rotinas, novos processos, novos sistemas.

Empresas que estão iniciando suas operações oferecem ao profissional uma excelente oportunidade de colocar em prática todo o conhecimento que adquiriu em sua carreira. É muito semelhante ao ciclo de formação de graduação, que se divide entre prática e formação. Neste caso, a capacidade de colocar em prática do profissional tem peso decisivo na hora da contratação. Para tanto, seu histórico anterior de formação é avaliado com critério, mas isso não é uma regra e empresas iniciantes também podem querem contratar profissionais com pouca experiência para serem treinados “dentro de casa”, como se diz.

Já as empresas em processo de restruturação apresentam diversas possibilidades de desafios, mas em geral esta reestruturação pode estar desenhada e o novo executivo será contratado para a implementação, ou não, ele será contratado para desenhar o realinhamento da estratégia. A partir disso é que a empresa irá definir o perfil do candidato coerente para a função. O profissional, por sua vez, deve saber exatamente qual é a situação da empresa e do desafio da função para decidir se o desafio está alinhado com o que busca neste momento, se ele tem capacidade de executar o que será pedido e cobrado, e se ele está interessado pelo projeto. 

Nesses momentos em que as empresas precisam da sua experiência anterior, geralmente os desafios envolvem maior responsabilidade e o profissional tem maior autonomia de realização. Inclusive, os projetos são maiores – ou porque são grandes mesmo, ou porque você se torna responsável por grande parte dele e sua função é mais abrangente. Nestes casos, a empresa te contratou porque você tem algo de que ela precisa e, sendo experiência e conhecimento, trata-se de algo intangível.

headhunterEstas empresas normalmente não podem esperar que o profissional seja treinado e formado, neste momento especifico, por isso buscam profissionais “prontos”. Porém, não significa que posteriormente essa empresa não irá investir em seu desenvolvimento e também não significa que vai. Nem todas as empresas têm a cultura do desenvolvimento do capital humano, então é preciso estar atento a este detalhe para alinhar suas expectativas em relação a seu futuro.

Quer um novo desafio? Veja as melhores dicas para ser notado por um headhunter.

Conclusão

O mais importante, e o que eu gostaria que vocês levassem desse post, é que não se deve aceitar uma proposta de trabalho sem antes entender muito bem o que a empresa te oferecerá em relação a desenvolvimento e o que será cobrado, tudo para ser balanceado com suas habilidade e expectativas. Pretendo desenvolver melhor este assunto no próximo post, mas já seguem algumas observações importantes:

Antes de procurar um emprego, pergunte-se:

  • O que eu sei fazer bem, na prática?
  • Eu conseguiria fazer sozinho?
  • Onde eu estou dentro do meu ciclo de desenvolvimento?
  • O que eu preciso/quero agora? Formação ou prática?

Está buscando novas oportunidades agora? Então Veja as vagas que estamos trabalhando.

Não se esqueçam de avaliar com profundidade se a empresa tem cultura de desenvolver seus profissionais, se é isso que você busca para sua carreira. Isso pode não ser tão óbvio! Profissionais diferentes procuram por desafios diferentes, por isso não existe o bom e o ruim nestes casos, existe apenas o que está mais alinhado com os objetivos pessoais de cada um.

Ainda tem dúvidas sobre este tema? Ou quer saber mais sobre outro assunto? Envie agora um email para o endereço camila.donati@headsrh.com.br que eu responderei nos próximos posts. Espero que este post tenha sido útil para suas reflexões.

Grande Abraço

Camila Donati

Uma resposta em “Carreira: Empresas que formam & Empresas que querem formação

  1. Pingback: Saiba o que é levado em consideração em um processo de Recrutamento e trabalhe sua ansiedade. | heads | blog

Participe dessa discussão conosco.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s